3 de mai de 2015

Adultos Indigo


Os adultos índigos sentem e leem o campo energético das pessoas, eles são naturalmente leitores de manifestações energéticas. Estes adultos querem mais do que tudo aprender a equilibrar sua energia, assumir sua missão e dons, aprender a como se desenvolver e evoluir, ajudando os que seguem nascendo, as crianças e jovens. A frequência índigo está disponível a todos os seres humanos e pode ser acedida na medida em que nossa consciência vai se expandindo mais e mais. Quanto mais conscientes, mais aptos nós nos tornamos a perceber e aceder outros diferentes tipos de realidades, que antes nem imaginávamos existir.
Na medida em que mais e mais seres humanos índigos existam e convivam entre si, mais rápido se dará nossa evolução, nosso processo de ampliação da consciência. Com esta convivência estaremos nos aproximando cada vez mais da quarta e quinta dimensões, já que a Terra é originalmente um planeta da terceira dimensão, devido às consciências predominantes.
Abaixo, cito algumas características de adultos índigos para uma melhor compreensão da temática:
São muito inteligentes, apesar de não terem tido as melhores notas na escola.
Tinham aversão ou detestavam grande parte dos trabalhos repetitivos e obrigatórios da escola.
Muitos experimentaram depressão existencial bem cedo e sentimentos de impotência ao decorrer de sua infância e adolescência.
Tem dificuldade com empregos supervisionados, os adultos índigos resistem à autoridade e ao sistema hierárquico de trabalho.
Tem problemas com sistemas que consideram falidos ou ineficazes, exemplo: sistema financeiro, político, médico, educacional.
Frustração ou rejeição do tradicional “sonho” de carreira, casamento, filhos.
Um ardente desejo de fazer algo para mudar ou melhorar o mundo, porém podem demorar até reconhecer qual é a sua vocação para realizar este desejo.
Desde muito novos tem interesses por assuntos espirituais e esotéricos.
Possuem forte intuição.
Tiveram experiências psíquicas, tais como premonições, ouvir e ver pessoas desencarnadas, experiências fora do corpo, etc.
Os índigos que hoje são adultos, especialmente aqueles que têm idade acima dos trinta anos, chegaram ao planeta em uma época em que ainda havia poucos índigos por aqui e, portanto, a energia era mais densa; os paradigmas eram outros e a consciência era ainda mais limitada. Os padrões eram mais rígidos e as mentes dos pais, professores e governantes era muito mais limitadas que hoje em dia.
Estes adultos índigo encarnaram na Terra em uma época em que a vida e a realidade eram  totalmente enquadradas em alguns padrões socialmente aceites e tudo o que não fosse enquadrado nestes padrões era tido como inexistente.
Quando as crianças eram extremamente sensíveis, esta sensibilidade causou-lhes enormes dificuldades para adaptação. Eram crianças cuja essência apontava na direcção de uma vida espiritual, uma vida guiada por valores mais elevados. Imagine o quão difícil é encarnar numa época e num contexto tão contrário à manifestação dos seus dons.
A missão destes seres na Terra está voltada para a produção de mudança, para a revisão de valores e paradigmas por onde passarem. Para sua missão se concretizar é preciso deixar velhos hábitos e pensamentos para que novos paradigmas possam ser estabelecidos, assim a unidade e o amor encontrarão espaço para se manifestar.

No processo de desenvolvimento,  os adultos índigo presenciaram um choque significativo entre as energias mais sutis e as mais densas, oriundas principalmente de seu universo familiar e do seu entorno. Poucas famílias estavam espiritualizadas suficientemente para recebê-los e compreendê-los. Estas atitudes causaram-lhes grandes dificuldades de adaptação por onde quer que fossem. Seus dons não eram aceites em suas famílias e muitos se desviaram do caminho espiritual por não ter tido a devida aceitação por seus pais e amigos à sua volta.
Eles foram chamados de hiperativos, loucos, bipolares, esquizofrênicos e muitos foram excessivamente medicados esquecendo-se de sua verdadeira essência.
Os índigos que compreendem sua missão sabem da importância de sua vinda a Terra, eles mantém a possibilidade de que a Terra continuará a evoluir. Tudo o que não serve à humanidade se desvanecerá com sua presença. Eles encarnaram para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independente das fronteiras e de classes sociais. São como catalisadores para desencadear as reações necessárias para as transformações.
Os índigos não começaram a chegar a Terra somente nas últimas gerações; o que acontece é que o seu número está a aumentar cada vez mais para auxiliar o aumento vibracional da Terra, eles já são tantos que, finalmente, não podemos ignorá-los.


5 de set de 2014

INVOCAÇÃO PARA LIBERAR O EGO HUMANO





Através da Consciência Unificada de cada homem, mulher e criança na
Terra, eu invoco a Chama Violeta da Perfeição Infinita de
Deus, e as Qualidades Divinas da Liberdade, da Justiça
Divina, da Autonomia e da Vitória. Estas poderosas dádivas
do Coração de nosso Deus Pai/Mãe ajudarão na ruptura dos
egos humanos manipuladores da Humanidade, baseados no medo,
enquanto abrimos o caminho para a expansão da Presença EU
SOU na Chama do Coração de cada pessoa.

Eu inspiro agora profundamente e esvazio a minha mente de todos os
pensamentos do dia. EU SOU relaxado e tranqüilo, enquanto me
interiorizo na Divindade do meu Coração. EU SOU Uno com toda
a Vida, e enquanto EU SOU elevado, TODA a Vida é elevada
comigo.

Eu passei por difíceis desafios em minhas várias jornadas Terrestres,
para a glória de um Novo Dia cheio do pleno momentum do Céu
na Terra.

A Vitória é minha! A Vitória é minha!

O equilíbrio perfeito de nosso Deus Pai/Mãe retornou à Terra,
e a Presença EU SOU de cada pessoa está de prontidão,
aguardando a oportunidade de assumir o pleno domínio de
nossos pensamentos, palavras, ações e sentimentos.

Com este conhecimento interior, eu compreendo que é da
responsabilidade da Humanidade, se tornar a manifestação
plena de nossa Presença EU SOU, enquanto ainda estamos
encarnados na Terra. Isto significa literalmente, liberar os
nossos egos humanos menos elevados para a Luz, e integrarmos
a nossa Presença EU SOU em nossos corpos: físico, etérico,
mental e emocional.


Diariamente e a cada hora, a Luz de Deus está aumentando na
Terra. Isto está acelerando a integração da Presença EU SOU
de cada pessoa a um nível atômico, celular. Enquanto isto
ocorre, cada elétron, cada átomo, cada partícula subatômica
e cada vibração dos Corpos Terrestres da Humanidade, e todos
os espaços entre os átomos e moléculas de nosso corpo, estão
sendo preenchidos com a Luz de Deus. Esta é uma dádiva
extraordinária, uma oportunidade sagrada, e está sendo
presenteada a cada homem, mulher e criança na Terra, aqui e
agora.

Eu contemplo esta Verdade e enquanto este conhecimento sagrado
ressoa dentro de mim, eu experiencio a Chama da Divindade em
meu coração, enquanto ela se expande mais e mais. O
Equilíbrio Divino do Amor, da Sabedoria e do Poder que
vibram através desta Chama Trina em meu coração, estão
envolvendo agora os meus quatro corpos Terrestres.

Dentro da Chama do meu Coração, a minha Presença EU SOU comanda
amorosamente o meu ego humano menos elevado para liberar os
meus corpos: físico, etérico, mental e emocional...

Ego humano menos elevado, EU SOU a Presença EU SOU do seu Ser. Eu o
amo, e EU SOU grato pela oportunidade que você me
proporcionou para o crescimento e a aprendizagem neste plano
físico, mas agora é o momento para que você libere estes
Corpos Terrestres e se mova para a Luz.

Ego humano menos elevado, com o Poder Divino e o Amor que EU SOU, eu o
dirijo agora para a Luz.

Ego Humano...

Libere o meu CORPO FÍSICO, e retorne à Luz (repita três vezes).

Libere o meu CORPO ETÉRICO, e retorne à Luz. (repita três vezes)

Libere o
meu CORPO MENTAL, e retorne à Luz. (repita três vezes).

Libere o meu CORPO EMOCIONAL, e retorne à Luz (repita três vezes).

Minha Presença EU SOU entra agora na plena autoridade dos meus
quatro Corpos Terrestres e me eleva na energia, vibração e
na consciência para as freqüências da Quinta Dimensão da
Perfeição Infinita de Deus. Aqui eu vivo, me movimento e
respiro na minha Presença EU SOU, e eu percebo claramente
que EU SOU Uno com TODA a Vida.

Eu agora sei que ainda que os meus pés estejam plantados firmemente
na Terra, simultaneamente, EU SOU Uno com todos os Reinos
Ascensionados da Luz. EU SOU liberando a Luz de Deus em cada
interação física e química dentro dos meus Corpos
Terrestres, curando e restaurando todos os laços de energia
entre os átomos e dentro dos átomos, para a saúde vibrante e
a perfeição infinita.

Contido dentro desta Luz Divina, está tudo o que é necessário para
curar os meus Corpos Terrestres e todo o reino físico deste
precioso planeta. Esta Luz contém tudo o que é necessário
para corrigir a órbita, o giro e a carga eletrônica de cada
célula, átomo e elétron de Vida na Terra.

Agora dentro da minha Presença EU SOU, EU SOU as Qualidades
Divinas da Liberdade, da Justiça Divina, da Autonomia e da
Vitória, libertando a Humanidade, e todos os laços de
energia dentro da Humanidade, incluindo os relacionamentos e
as interações de todas as pessoas, todas as raças, todas as
religiões, todas as organizações e todas as nações. EU SOU
liberando estas interações na harmonia de uma Ordem Superior
do Ser, expandindo assim a influência da Presença EU SOU da
Humanidade na Terra. Eu conheço esta Realidade Mais Elevada
dentro do meu coração e mente, e EU SOU um oceano calmo
destas Qualidades Divinas fluindo na Terra.

Através da minha Presença EU SOU, EU SOU um Templo vivo, cheio de Luz
da invencível Saúde Perfeita, da Eterna Juventude, da
Vitalidade, da Alegria e da Abundância Infinita de Deus. E...

EU SOU Grato, EU SOU Grato, EU SOU Eternamente Grato ao meu amado
Deus Pai/Mãe – Tudo O Que É – EU SOU. E assim é.




27 de ago de 2014

Abrindo Portais



por Maria Cristina Tanajura
Mesmo vivendo neste momento corrido em que parece que o tempo encurtou, de repente, e tudo vai passando como que voando... percebemos que há instantes em que tudo parece parar como se vivêssemos num parênteses. Uma sutil sensação difícil até de expressar em palavras.

No costume do ritmo anterior, temos a vontade de mudar a situação, apressando novamente o passo, mas já percebi que isso não é a opção mais certa. As pausas que a vida nos impõe são muito sábias e necessárias, pois trazem geralmente, com elas, mudanças.

Viver é estar num processo contínuo de transformação e não devemos segurar as novas formas de pensar e agir, pois são o prêmio que recebemos por toda a vida vivida até aqui.

Se usarmos apenas a razão para nortear as nossas atitudes, não permitiremos que haja a novidade em nossas vidas e, assim, impediremos a nossa própria evolução. Confiança é necessária e entrega, também. Na certeza de que jamais estamos sós, mesmo que isso pareça ser assim, pois fazemos parte de um Todo em contínuo movimento.

Os momentos mais lentos, mais introspectivos, geralmente antecedem e indicam a abertura de verdadeiros portais em nossas consciências e se formos flexíveis, lucraremos muito com momentos vividos a partir daí.

Podemos frustrar a transformação, agindo com rigidez e impedindo a Luz de entrar em nossas vidas. Na verdade, ela vem nos acordar para um novo aspecto da realidade e se tivermos a sabedoria de encarar a mudança, muito lucraremos.

Se a lagarta impede a sua transformação, na quebra do casulo, quando lhe nascem as asas, jamais se tornará uma borboleta, deixando de rastejar e sendo capaz de voar, daí pra frente.

Assim, se nas nossas vidas estamos passando por uma calmaria meio estranha, estejamos atentos e o mais tranquilos que for possível, pois algo muito importante está se anunciando, vindo a acontecer logo adiante.

Vivemos para evoluir, crescer, aprender a amar e ser feliz! Estamos viajando no Tempo e para que sejamos bem-sucedidos, é preciso estar presentes no Agora e abertos para aceitar o que chega, pois nunca é sem uma razão muito séria e importante.

A aceleração da mudança é uma realidade planetária de nosso tempo. Não só a tecnologia apresenta sempre uma novidade, mas nós estamos fazendo parte de todo esse movimento cósmico. Colocar o pé no freio de nada vai adiantar. Vale estar muito atento, muito alerta mesmo, principalmente para o que se passa em cada um de nós.

Apesar de ser um tempo cheio de conflitos, é também um tempo rico em benesses. Percebo em mim mudanças que gosto. Consigo compreender que apesar da sombra enorme que nos rodeia, a Luz que chega é também poderosa!
Fé na presença divina em tudo e em todos é a chave de segurança para podermos viajar relativamente seguros e tranquilos.

Não estamos sozinhos, jamais. Quanto mais esta presença amorosa for reconhecida e sentida, mais bonita será a nossa vida e menos sofrida, também.

Os sinais estão por toda a parte. Aqui em nosso país e em todo o planeta. Parece-nos à primeira vista que nada mudou e que estamos num retrocesso, mas se olharmos com mais atenção, veremos que não. Os acontecimentos podem se parecer, mas a reação de todos nós a eles, já é diferente.

O mar encapelado em que viajamos não está contra nós, mas a nosso favor. Há de nos levar até um porto seguro, certamente. Sigamos o mais conscientes que pudermos e deixemos as ondas e as correntes nos levarem, pois todo o movimento cósmico é amoroso e visa a evolução.


fonte: http://somostodosum.ig.com.br


26 de mai de 2014

PROJEÇÃO ASTRAL




Trechos do livro Fora do Corpo de Robert Bruce
A Dimensão Astral

O astral é a dimensão mais próxima da física. Ela envolve e permeia o mundo como uma enorme rede mental, absorvendo e guardando todos os pensamentos. Seu conteúdo é criado pela consciência coletiva da mente do mundo. Ela contém todos os pensamentos, lembranças, fantasias, e sonhos de toda coisa viva no mundo. Nela, as leis da atração simpática, ou igual atrai igual, faz com que este oceano de substância mental se estratifique e estabeleça camadas ou níveis. Estes níveis de pensamento são mais comumente chamados de planos astrais, mundos astrais, sub-planos astrais ou domínios astrais.
A dimensão astral é composta de matéria astral e é habilmente descrita como substância mental. Ela é extremamente sensível ao pensamento e pode ser moldada em qualquer forma ou aspecto. Estas criações são tão perfeitas que são indistinguíveis da realidade.
A melhor maneira de explicar isto, substância mental, é fazer uma comparação entre a matéria astral e um filme fotográfico não exposto. Quando este filme é exposto à luz, enfocado pelas lentes da câmera, uma imagem perfeita da realidade é instantaneamente formada no filme pela reação química do filme com a luz. Quando a matéria astral é exposta ao pensamento, enfocada pelas lentes da mente, uma imagem perfeita da realidade é imediatamente formada de substância mental astral pela reação da matéria astral com o pensamento. A complexidade e a durabilidade de qualquer criação na dimensão astral depende grandemente da força da mente realizando a criação.


Os Sonhos


É assim que o subconsciente cria os sonhos: Sintonizando na dimensão astral durante o sono, ele pode criar qualquer cenário que desejar. Esta é a maneira do subconsciente resolver problemas e se comunicar com a mente consciente. Ele cria uma série de cenários complexos em forma de pensamento e projeta-os na substância mental da dimensão astral, onde eles se tornam sólidos. A mente consciente então vive e experimenta estes cenários criados no estado de sonho. De forma que é como um projetor de cinema (subconsciente) projetando em uma tela de cinema (dimensão astral)




Formas de Pensamento


Qualquer objeto novo no mundo real é assimilado na dimensão astral durante um período de tempo. Uma representação dele em forma de pensamento primeiro cresce (surge) na parte mais baixa do astral, próxima à dimensão física, se tornando mais e mais permanente conforme o tempo passa. Como com todas as formas de pensamento, quanto maior a atenção dada a ela mais rápido ela cresce.
Quanto mais alto na dimensão astral, ou quanto mais distante da dimensão física, menos formas de pensamento, do mundo físico, como nós conhecemos, são encontradas. Coisas físicas tem que se embeber (permanecer) nela por um tempo muito grande antes que elas tomem forma, e sejam encontradas, no astral superior.
Você já tentou andar por uma casa estranha no escuro? Você esbarra em tudo, certo?. Mas conforme você se torna familiar com ela entretanto, uma imagem mental de seus contornos se forma em sua mente, e você consegue encontrar melhor o caminho. Quanto mais tempo você passa nessa casa mais forte essa imagem mental se torna. Isto é similar a como as coisas são assimiladas e crescem, como formas de pensamento, em outras dimensões.
A geração de formas de pensamento no astral também funciona ao contrário. Se um objeto físico existe a muito tempo, ele terá desenvolvido uma impressão duradoura de sua forma de pensamento no astral. Após o objeto ser destruído ou removido, sua forma de pensamento continua a existir (durante algum tempo). Você pode, por exemplo, no astral, encontrar móveis que você não tem (mais) em sua casa, confundidos com aqueles que você (ainda) possui. Isto é causado pelas formas de pensamento decadentes (que estão desaparecendo) de coisas velhas, que pertenciam a casa anteriormente, mas que ainda estão lá, anos após os originais terem ido.
Formas de pensamento antigas não seguem o seu equivalente físico quando eles mudam de lugar. As novas começam a crescer no astral onde quer que estejam enquanto as antigas desaparecem lentamente. Quanto mais tempo alguma coisa estiver num lugar, mais forte a forma de pensamento irá se tornar naquele lugar. Isto também se aplica a construções (prédios, etc.), estruturas e características geológicas. Você pode fazer uma projeção em um parque e encontrar uma casa, ponte, colina, etc. que você sabe definidamente que não está lá. Estas podem ter existido há tempos atrás. Quando mais alto você vai no astral, mais antigas as formas de pensamento são, ou mais para trás no tempo geológico você parece estar.
A taxa de crescimento de uma forma de pensamento depende largamente da quantidade de atenção dada a ela. Por exemplo, um quadro famoso; amado, visto e altamente pensado por milhões, terá uma forma de pensamento muito mais forte que aquele quadro comum que fica no quarto de alguém e é visto apenas por poucos. O número de formas de pensamento que você encontra no astral também depende de quão próximo você está da dimensão física. Se você estiver muito próximo, como em uma projeção em tempo real ou experiência fora do corpo, muito poucas formas de pensamento, se quaisquer, serão encontradas. Em uma experiência-fora-do-corpo em tempo real você não está exatamente na dimensão astral, mas existindo como uma forma astral em uma zona intermediária entre as dimensões física e astral.


Visão Astral


No corpo físico nós temos 220 graus de visão, isto é, nós podemos ver apenas em frente a nós, mas não atrás, para cima e para baixo ao mesmo tempo. No corpo astral nós temos mais que 360 graus de visão e podemos enxergar em todos os lados de uma vez. Esta é a visão esférica. Durante a projeção, o hábito nos força a prestar atenção a uma direção apenas, onde nós achamos que a parte frontal da nossa visão está. (Entretanto) a visão de trás, de cima, de baixo, da esquerda e da direita continuam lá, e são vistas todas de uma vez, mas elas não conseguem ser assimiladas pela mente, todas de uma vez. (Porque) isto vai contra o hábito de muito tempo da visão frontal da mente. A visão esférica é como ser um enorme olho multifacetado que pode enxergar em todas as direções, para cima, para baixo, a esquerda, a direita, em frente, a trás, mas todas ao mesmo tempo.
No corpo astral você não tem órgãos físicos, por exemplo, olhos. Você é um ponto de consciência não físico flutuando no espaço. Você também não é afetado pela gravidade e outras leis da Física. Nesse estado não há para cima ou para baixo, para trás ou para frente, esquerda ou direita. É apenas o hábito de muito tempo que tenta forçar esta perspectiva em você durante a projeção.
É importante entender a visão esférica, se você quiser operar competentemente no astral. É assim especialmente quando você faz projeção em tempo real, próximo a dimensão física. A visão esférica irá freqüentemente fazer com que você pense que está em uma dimensão de espelhos, ou em uma cópia invertida da realidade. Isto significa que sua casa, por exemplo, irá parecer estar invertida, de trás para frente. Isto é devido a você perder o seu ponto de vista natural durante a projeção.
Em algum ponto durante a projeção, você se desorientou e tomou um ponto de vista diferente do normal, exemplo, você se virou (de lado) ou de cabeça para baixo sem pensar (perceber). Isto inverte o seu ponto de vista natural de esquerda direita, para cima e para baixo. Consequentemente isto engana o seu subconsciente e faz com que ele inverta o local que você está de forma que a sua mente consciente possa funcionar adequadamente.
Devido a você não ter um corpo físico no astral, se você quiser olhar para trás, você não tem que se virar, ou fazer qualquer movimento. Você simplesmente muda seu ponto de vista para trás. Isto, quando feito sem se mover, cria o efeito da imagem no espelho, de forma que é como olhar num espelho para enxergar trás.

O Poder da Visualização Criativa


O subconsciente tem recursos vastamente maiores de visualização do que a mente consciente. É como comparar um super computador a uma calculadora infantil. Na dimensão astral, durante qualquer projeção consciente ou sonho lúcido, onde a mente consciente está alerta, essa diferença pode causar grande confusão. O subconsciente trabalha todo o tempo durante qualquer projeção. Todo o seu poder criativo está preparado para se manifestar, para criar, e assim o fará na primeira oportunidade. Essa diferença no poder criativo, combinada com o hábito de muito tempo da visão frontal, é a causa do "efeito Alice no país das maravilhas." Deixe-me explicar...
Considere todos esses fatos:
1. O incrível poder criativo do subconsciente
2. Os fracos poderes criativos da mente consciente
3. A sensibilidade da matéria astral ao pensamento
4. A visão esférica
5. As inversões de esquerda e direita
E você tem uma receita para a confusão total.


Como a Projeção Acontece


Durante o sono, o corpo energético, também conhecido como corpo etéreo ou revestimento vital, é colocado em carga. Ele expande e se abre a fim de acumular e armazenar energia. O corpo energético pode, normalmente, fazer isso apenas em seu estado expandido durante o sono. Uma vez expandido, os chakras emanam energia, na forma de matéria etérea, no corpo energético. Durante esse processo de recarga, o corpo astral se separa e sintoniza-se na dimensão astral onde ele pode criar e experimentar sonhos.
Se esta separação é feita conscientemente, ou se você fica consciente após ela, você pode ter algum controle sobre ela. Então ela se torna uma experiência-fora-do-corpo, projeção astral ou sonho lúcido.


As principais diferenças entre uma experiência-fora-do-corpo, projeção astral e um sonho lúcido são:

A Experiência-Fora-do-Corpo


A experiência-fora-do-corpo é uma projeção em tempo real próxima ao mundo físico. Essa frequentemente ocorre como parte de uma experiência de quase morte. É quando a pessoa é retirada de seu corpo por causa de algum tipo de trauma severo, exemplo: um acidente de carro, cirurgia, ataque cardíaco, o nascimento de uma criança, etc. Aqueles que têm essa experiência ficam cientes das coisas que acontecem no mundo real, em tempo real, tais como: conversas e eventos ocorridos ao redor de, ou próximo a, seus corpos físicos. Em muitos casos, esses eventos e conversas são precisamente relatados pelas pessoas após terem retornado a seus corpos.
Nota: A experiência fora do corpo é ligeiramente diferente da projeção astral ou sonho lúcido devido a seu aspecto objetivo de tempo real. Isto é causado pelo corpo astral contendo uma grande quantidade de matéria etérea, o que o mantém próximo ao mundo físico.
Existem duas causas principais da experiência fora do corpo em tempo real:
O corpo da pessoa está próximo da morte, ou pensa que está, o que faz com que uma grande quantidade de matéria etérea seja canalizada para dentro do corpo astral na preparação para o processo de morte. A pessoa possui chakras ativos que estão fazendo algo similar. (canalizando matéria etérea para dentro do corpo astral). Ter chakras ativos pode ser uma habilidade natural, ou ela pode ser desenvolvida com treinamento.
Nota: Você pode fazer projeção conscientemente, e ter uma experiência fora do corpo em tempo real se matéria etérea suficiente for gerada pelos chakras. Em uma projeção em tempo real, a realidade é percebida como objetiva (real) e o tempo é normal (tempo real).
Tecnicamente, quando você faz projeção dentro do mundo físico em tempo real como em uma experiência fora do corpo, ela ocorre realmente dentro da área limiar da zona intermediária, entre as dimensões física e astral. Se o corpo astral contiver suficiente matéria etérea ele pode existir apenas ligeiramente fora de fase da realidade. Isso significa que a projeção é em tempo real é tão próxima da dimensão física que é indistinguível dela.
Nota: Eu verifiquei isto várias vezes, fazendo projeção em tempo real, durante o dia, observando minha área local notando obras em estradas, acidentes, incidentes, etc. e então checando a autenticidade de minhas descobertas após isso.
Existem fortes barreiras naturais a projeção consciente em tempo real, a experiência fora do corpo, no mundo físico. A quantidade da matéria etérea produzida e canalizada para o corpo astral é uma delas. Ela limita a duração de qualquer projeção em tempo real ao grau de controle e desenvolvimento do chakra.

A Projeção Astral

É quando o corpo astral é projetado dentro da dimensão astral, onde as coisas são bastante diferentes do mundo real. O tempo é distorcido e estendido, exemplo: uma hora no astral pode ser como poucos minutos na dimensão física, dependendo de que parte do astral você esteja. A realidade é fluida e modificável.

O Sonho Lúcido


É quando as pessoas ficam totalmente conscientes de que estão sonhando durante um sonho. Daí, ou elas exercem algum tipo de controle consciente sobre o curso dos eventos, ou elas convertem a experiência em uma projeção astral. O sonho lúcido é mais parecido com uma projeção astral do que com uma experiência fora do corpo, já que o tempo e a realidade são distorcidos.

Projeção Astral ou Sonho Lúcido?


Muitos daqueles que fazem projeção astral perdem a consciência antes que façam uma saída consciente de seus corpos e retornam a consciência na dimensão astral. Vocês ficam conscientes após a verdadeira separação do corpo físico e geralmente já estão na dimensão astral. Se vocês perdem a saída consciente de seus corpos, vocês estão tecnicamente tendo um sonho lúcido, não uma projeção astral porque ficaram conscientes após a separação.
Todos os três tipos de projeção são estreitamente relacionados, motivo: todos eles envolvem a separação do corpo astral do físico e a experimentação de uma realidade.


http://anjodeluz.net/