12 de mai de 2013

Terapeuta Holistico







Dentre as atribuições do Terapeuta Holístico, posso citar entre elas:
- Não promover nenhuma cura ou milagre. O Terapeuta é apenas um mediador do processo de auto-cura que seus clientes possam vivenciar. O Terapeuta não cura ninguém, é a própria pessoa que se cura com o auxílio do Terapeuta.
- O Terapeuta Holístico é um facilitador de processos de cura e pode utilizar diversos recursos terapêuticos para este fim.
- O Terapeuta Holístico utiliza c o n h e c i m e n t o + h a b i l i d a d e para auxiliar as pessoas que o procuram;
- O Terapeuta Holístico é um facilitador do processo de consciência pessoal, corporal e/ou espiritual em outras pessoas;
- O Terapeuta Holístico pode observar situações sutis e as apontar para a pessoa que busca a terapia pois, que esta não consegue percebe-las sozinha;
- O Terapeuta Holístico enxerga o mundo sob a ótica do Paradigma Holístico e sob valores e crenças diferenciados dos padrões dominantes por isso, suas atividades não são possíveis de serem avaliadas conforme a ótica do sistema cartesiano.
- Não cabe ao Terapeuta Holístico interferir ou questionar qualquer tratamento médico que seu 'paciente' esteja utilizando por ordem médica ou afins. O Terapeuta deve sempre orientar que em caso de doenças ou suspeitas de doenças, que seu cliente busque orientação médica.
- O Terapeuta Holístico não trata doenças, mas sim a pessoa como um todo nos níveis subjetivos. Tratando-se a origem emocional-psíquica, a saúde física pode consequentemente melhorar também. Entretanto, deve ficar claro que a cura de doenças físicas não é o objetivo primordial da Terapia Holística ou Terapias Integrativas (complementares, alternativas, etc...). A Terapia Holística busca o equilíbrio interno para promover harmonia em todos os níveis da vida assim obtendo o bem estar, espirito, corpo e mente.


Nenhum comentário: